FANDOM


Introdução e Biografia Editar

Em vida, Nathanos foi treinado pelos altos-elfos nas mais diversas artes de guerra. Em decorrência da sua notável dedicação e rápida aprendizagem, obteve realizações sem precedentes. Com o passar do tempo foi aprimorando cada vez mais as suas habilidades, já impressionantes, tornando-se um inquestionável gênio tático, responsável por inúmeras vitórias da Aliança abrangendo um período inteiro de conflito.

Nathanos também foi o primeiro e talvez o único lorde patrulheiro humano, nomeado como tal pela General Patrulheira de Luaprata, Sylvana Correventos, sua amiga e instrutora. A sua inclusão nas fileiras dos Andarilhos ocorreu de forma muito turbulenta no dia em que foi anunciada, o próprio príncipe de Quel'thalas, Kael'thas Andassol, e os demais membros da organização naquela época revelaram-se contra a nomeação. No entanto, Sylvana fez isso de qualquer forma, impressionada com a capacidade de seu pupilo. Embora tenha sido treinado durante toda a sua vida pelos altos-elfos, ele passou muito de seu tempo ao sul de Quel'thalas, no Sítio dos Marris, a sua casa.

Pós-morte Editar

Seus atos heróicos duraram por pouco tempo. Após a queda de Stratholme, o Flagelo invadiu a outrora grande nação de Luaprata. Planejando ajudar, preparou-se para combater as ondas incessáveis de mortos-vivos. Apesar do seu esforço para deter as criaturas, Marris pereceu perto de sua casa, assassinado pela a abominação Ramstein, o Devorador. Logo após sua morte, ele foi revivido pela Dama Sombria Sylvana Correventos, já livre do controle de Arthas Menethil, aderindo à causa dos Renegados. A antiga instrutora o declarou como seu Campeão. E até mesmo tomou para si um novo nome para representar seu estado, o ”Arauto da Praga”.

Clássico Editar

Nathanos aparenta relevar-se muito pouco com a sua antiga vida. Em contrapartida, quando foi-lhe enviado alguns aventureiros da Horda para recuperar o "registro" de Quel’thalas, contentor de seus arquivos antes da ressureição, ele faz questão de informa-lós que a escritura não deveria ser lida.

Depois de adequar-se ao seu destino, ele ainda residia no Sítio dos Marris, nas destroçadas Terras Pestilentas, vagando acompanhado de seus caninos infestados de praga. E lá ele foi responsável por recrutar unidades da Horda para lutar contra todos os tipos de ameaça presentes no território, como os animais mortos-vivos, o resquício do Flagelo e a Cruzada Escarlate da Manopla de Tyr.

Confronto com a Aliança Editar

Nathanos era, afinal, um herói da Aliança, e portanto a sua morte não passou nem um pouco despercebida, tampouco o fato de que seu corpo nunca havia sido encontrado. Mathias Shaw, o líder da A.V.I.N e perito em investigações, recebeu alguns relatos perturbadores de atividade morta-viva incomum nas Terras Pestilentas, e por isso enviou agentes humanos para investigar a situação.

Apenas um retornou à Ventobravo, balbuciando coisas incoerentes sobre sobre "Nathanos" e o nome "Arauto da Praga". O homem morreu de causas misteriosas em meio ao seu sono, poucos dias depois de relatar o que encontrou. Vendo-se diante de um enigma sem solução, Shaw reuniu alguns aventureiros da Aliança para investigar o local onde o suspeito e desaparecido foi visto pela última vez. A única coisa que a A.V.I.N tinha como pista era que Nathanos poderia ter sido morto este tal "Arauto da Praga", por isso seu nome foi mencionado. No entanto, a verdade foi muito pior.

Depois de revirarem todo o Sítio dos Marris à procura de alguma explicação, os aventureiros descobriram a desagradável realidade, onde Nathanos é nada mais que o próprio Arauto da Praga. Sendo determinado que ambos eram as mesmas pessoas, retornam para a cidade, onde o rei Varian Wrynn e o regente Bolvar Fordragon reuniram soldados da Aliança para destruir o antigo Lorde Patrulheiro.

Atualidade Editar

Para a desilusão das forças armadas da Aliança e temor de suas camadas mais pobres, ele conseguiu sobreviver à incursão e agora habita Cidade Baixa, no Distrito Bélico. Como conseguiu chegar lá e qual meio utilizou para tal são informações desconhecidas.

Agora serve à Sylvana e ao seu exército de mortos-vivos atuando como um soldado de vanguarda avançado em todas as áreas a que é designado.

Dados Editar

Informações Gerais
Localizações Nível Vida Máxima
Terras Pestilentas Orientais 62 (Elite) 38,850
Cidade Baixa 62 (Elite) 46,830

Habilidades Editar

Nome e Descrição

Nível

Atirar Ataque básico com alcance de 30 metros - Instantâneo 10
Murro Atordoa um inimigo próximo por 2 segundos - Instântaneo 20
Grito Psíquico Afugenta 1-5 inimigos, simultaneamente, por 6 segundos - Instantâneo 60
Tiro Múltiplo Dispara contra 3 inimigos, causando 75% do dano da arma - Instantâneo 20
Disparo Sombrio Acerta um inimigo à 15-30 metros, infligindo dano de Sombra - Instantâneo 40

Diálogo e Citações Editar

  1. "Eu posso sentir o seu medo."
  2. "Prepare-se para um espancamento severo."
  3. "Eu vou usar as suas entranhas como um colar."
  4. "Como você ousa?!"
  5. "Se você correr agora, poderá viver."
  6. "<Grito> Você apenas prolonga o inevitável. Sucumba. Ela vai libertar a sua alma."

Observações, Especulações e Curiosidades Editar

  1. Quando dialoguei com ele no jogo, disse-me que sobreviveu a diversos atentados contra a sua vida quando jovem apenas fingindo-se de morto.
  2. Nathanos Marris pode ser visto ainda vivo dentro da Prefeitura de Vila Sul, na masmorra do Antigo Contraforte de Eira dos Montes.
  3. Nathanos aparenta ter um relacionamento muito próximo de Sylvana. Apesar da extrema lealdade dos mortos-vivos para com a sua rainha seja algo comum, o vínculo entre ambos antecede até mesmo para a Pós-vida.
  4. Durante o tempo em que Nathanos era um pupilo de Sylvana, Kael'thas Andassol ficou frustrado com o fato de um humano obter reconhecimento o suficiente na sociedade élfica para tornar-se um Lorde Patrulheiro. Houve ocasiões em que o príncipe pediu para expulsá-lo da ordem, porém todos foram negados.
  5. Nathanos pode estar relacionado ao Marechal Marris, um oficial militar da Aliança, embora não haja provas convincentes além da semelhança entre ambos os nomes.
  6. Na curta história "Leaders of Azeroth" é chegada a precipitada conclusão de que Nathanos na verdade nunca foi um escravo do Flagelo, apenas revivido por Sylvana depois dos mortos-vivos terem liberto-se do controle mental. Por outro lado, ele alega que já serviu ao Lich Rei.
  7. Apesar de tratar com aspereza todos os jogadores, muitas vezes referindo-se aos mesmos como "Imbecil" e inúmeras variações do adjetivo, Nathanos tornou-se um personagem demasiado popular na franquia, e seu retorno à Cidade Baixa foi visto com afeto.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória