FANDOM


Anterior: Guerra entre aqir e trolls
Simultânea: Cruzada Ardente, Guerra entre os Kaldorei e os Impérios Gêmeos
Próxima: Guerra dos Anciões
Fragmentação Elemental
Data: Aprox. 14.000 anos (?) antes da Primeira Guerra
Local(is): Plano Elemental (e "interior de Azeroth")
Resultado:
  • Rápida derrota de Thunderaan
  • Ragnaros consome quase toda a essência do príncipe elemental
  • Aprisionamento do restante da essência de Thunderaan num amuleto, sendo partido em dois e distribuído aos dois tenentes de Ragnaros
Combatentes
Comandantes
Batalhas: Desconhecidas

O Rompimento Elemental foi uma batalha que durou 5000 anos, travada entre os elementais no interior de Azeroth.[1]

Foi durante essa batalha que o Senhor-do-Fogo, Ragnaros, procurou consumir Thunderaan, Priíncipe do Ar.

Os tenentes de Ragnaros, Geddon e Garr, perpetraram a traição contra Thunderaan, que foi pego desavisado. Os avanços do Senhor-do-Fogo eram totalmente desconhecidos para Thunderaan, e antes que ele pudesse reagir, Sulfuras, lendário martelo de Ragnaros, acertou um golpe inclemente, e Thunderaan caiu, completamente derrotado.

O Senhor-do-fogo se banqueteou sobre a essência de Thunderaan, mas foi incapaz de consumi-lo inteiramente. Ele guardou o que pouco remaneceu da essência de Thunderaan dentro de um talismã de ligação e/ou aprisionamento elemental. Ragnaros então partiu o talismã em dois pedaços perfeitos, e os atribuiu para seus tenentes.

  1. Highlord Demitrian#Dialogue